Guia sobre iluminação de cultivo indoor

Ao decidir realizar uma montagem de cultivo indoor, alguns detalhes são fundamentais e merecem atenção, como a iluminação.

Essa é uma dúvida muito frequente entre as pessoas, especialmente os novatos no cultivo indoor.

Uma iluminação adequada é essencial para que haja qualidade nesse cultivo, uma vez que é por meio dessa luz que as plantas irão se desenvolver e realizar a fotossíntese.

Neste texto, iremos apresentar algumas dicas de como evitar problemas nesta iluminação, pois ela não pode ser nem de mais e nem de menos: é preciso conhecer boas práticas para acertar na iluminação ideal.

Além disso, apresentaremos quais as melhores lâmpadas para cada fase das plantas e os principais cuidados com essa iluminação. Fique conosco e confira!

A iluminação de cultivo indoor é como se fosse o sol

É por esse motivo que é tão importante saber a medida certa desse “sol”. Para isso, é necessário realizar um cálculo de acordo com a quantidade de plantas.

Além disso, a cada nova etapa do cultivo, novas adaptações terão de ser feitas. Deste modo, esteja sempre atento em quais fases as suas plantas estão, visto que há lâmpadas ideais para cada uma delas, possibilitando um cuidado mais assertivo e eficiente.

Quais os principais tipos de lâmpadas para a iluminação de cultivo indoor?

Lâmpadas do tipo HPS

Essas lâmpadas possuem uma cor amarelada e um valor um pouco mais baixo. As melhores indicações são as 600W — 1000W, desde que acompanhadas de um exaustor.

Esses modelos são encontrados em cultivos industriais, mas suprem bem a demanda de um cultivo pequeno.

Em qual etapa essas lâmpadas funcionam melhor?

As lâmpadas HPS são aconselhadas para a fase de floração do cultivo.

Desvantagens

Tanto a HPS quanto a HQI são lâmpadas que geram calor. Por isso, um sistema de climatização e ventilação será necessário para manter a umidade e temperatura do seu cultivo indoor. Caso contrário, as plantas irão morrer queimadas devido ao calor excessivo.

Lâmpadas tipo HQI

Se você está começando a se aventurar no cultivo indoor, essas são as melhores lâmpadas para esse momento. Elas são produzidas com material de valor metálico ou iodeto metálico.

Para qual fase elas são indicadas?

A etapa em que melhor funcionam esses tipos de lâmpadas é aquela durante o período vegetativo, que é compreendido entre a germinação e a floração, quando a planta cresce e se fortalece por meio da fotossíntese.

Se esse cultivo for em regiões de clima úmido e frio, as lâmpadas de vapor, como são chamadas, são ainda mais eficientes, já que o calor gerado ajuda a manter um ambiente mais propício para as plantas.

Desvantagem

Se o calor produzido por essa iluminação de cultivo indoor é benéfico em regiões frias, em contrapartida, é prejudicial para regiões de clima quente. Neste caso, é preciso investir em ventilação e refrigeração do local de cultivo, visto que essa iluminação pode esquentar consideravelmente o ambiente prejudicando o plantio.

Lâmpadas de LED

Se compararmos todas as lâmpadas mencionadas até aqui, as de LED são as mais modernas.

Uma das principais vantagens está no seu baixo consumo e produção de calor, cerca de 20–40% a menos, quando analisamos os demais tipos de lâmpadas.

Esses modelos em LED se tornam mais econômicos quando falamos em cultivo a médio e longo prazo. Isso porque elas possuem um valor superior às lâmpadas de HPS e HQI, mas oferecem outras vantagens que não encontramos nas demais.

Essa opção de iluminação pode ser exclusiva ou complementar, desde que cubra praticamente toda a sua plantação.

Uma dica para quem pretende cultivar várias plantas é instalar alguns painéis de LED de menor potência, ao invés de escolher apenas um e mais potente. Dessa maneira, a luz será mais bem distribuída, facilitando e padronizando o desenvolvimento de todas as plantas por igual.

Para qual etapa elas são recomendadas?

Para todas! Está aí outra vantagem da iluminação em LED, afinal, não há a necessidade de troca em cada nova fase das plantas.

Desvantagem

No mercado há muitos modelos desse tipo de iluminação, o que deixa as pessoas um pouco confusas na hora de escolher a que melhor se adequa ao seu cultivo indoor.

As luzes de LED com espectro correto fornecem menos calor e mais luz de modo direto e uniforme ao dossel da planta. Assim sendo, um LED de 600w pode alcançar o mesmo rendimento de uma lâmpada HPS de 1000W, ao mesmo tempo que extrai 40% menos watts e produz de 10 a 25% menos calor.

A questão é fazer o cálculo para saber exatamente a quantidade de luz que será necessária.

Aprenda a calcular a quantidade de luz em watts

Antes de iniciarmos o cálculo, é preciso entender quais são as medidas que definem a quantidade de luz de uma lâmpada:

Lumens

Um lúmen é equiparável à quantidade de luz emitida por uma vela que incide sobre 1 pé quadrado (largura X comprimento) de uma superfície a um pé (1 foot = 0,30 m ) de distância.

Watts

A medida da quantidade de eletricidade fluindo através do fio. Watts por hora medem a quantidade de watts consumidas em uma hora. Um Kilowatt/hora (KWH) é 1000 watts/hora.

Agora, vamos à regra para realizar o cálculo: se você tem uma área de 10 pés quadrados, o cálculo deve ser de 30w X 10 = 300 watts/por pé quadrado ou 50 watts X 10 = 500 watts por pé quadrado.

Como identificar problemas relacionados a iluminação de cultivo indoor

Baixa iluminação: os galhos e folhas passam a ficar esticados, visto que as plantas se alongam em busca de luz.

Excesso de iluminação: o excesso de luz geralmente é um problema de calor, relacionado à proximidade da lâmpada com as plantas. Com isso, a plantação indoor começa a não se desenvolver, queimando as folhas e até morrendo. A solução é simples, basta aumentar a distância entre a luz e as plantas.

Escolha as lâmpadas adequadas e compre na Grow Power

Nós contamos com diversos materiais para que o seu cultivo indoor cresça saudável. Além disso, continue nos acompanhando por aqui e em nossas redes sociais, pois sempre trazemos novidades e dicas para cuidar das suas plantas.

Até a próxima!

Cultivo na veia!

Love podcasts or audiobooks? Learn on the go with our new app.